A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) emitiu nesta semana o resultado da avaliação do Monitoramento do Risco Assistencial feito junto às operadoras de planos de saúde do Brasil. O Instituto Curitiba de Saúde – ICS recebeu a nota 0,9757, a melhor de toda sua história.

“Muito embora o ICS tenha obtido uma evolução expressiva em comparação com sua última avaliação (0,8472), não descansaremos até alcançar a nota máxima (1,0). A determinação do prefeito Rafael Greca é proporcionar aos beneficiários o melhor plano de saúde do Brasil e é isso que vamos fazer” destaca o Diretor-presidente do ICS, Tiago Waterkemper.

A ANS avalia todas as operadoras de saúde do país e tem por objetivo a prevenção de anormalidades que ponham em risco a continuidade ou a qualidade do atendimento à saúde prestado pelas operadoras aos seus beneficiários.

Pelo gráfico é possível observar a evolução do ICS no Monitoramento do Risco Assistencial, desde 2014, ano que a ANS iniciou o processo de avaliação do Instituto.

No ano de 2020, a ANS não realizou a avaliação de nenhuma operadora de saúde, devido à pandemia da Covid-19.

O mapeamento consiste na análise do cumprimento das regras previstas na RN nº 259, de 17 de junho de 2011, que avalia o atendimento às necessidades de saúde dos beneficiários de forma adequada e em tempo oportuno. O Monitoramento do Risco Assistencial leva em conta a dimensão assistencial, a dimensão atuarial dos produtos e a dimensão estrutural e operacional.

ICS recebe da ANS o maior índice de sua história
Compartilhe esta notícia: