ICS redobra política institucional de qualidade e segurança do paciente

Neste domingo (11), Dia do Médico Infectologista, o Instituto Curitiba de Saúde (ICS) destaca a data e os cuidados destes profissionais frente à pandemia.

Para a segurança sanitária da instituição e dos cerca de 77 mil servidores, dependentes e aposentados atendidos pelo plano, o ICS conta com o Núcleo Interno de Qualidade (NIQ). O setor é responsável por desenvolver ações preventivas e corretivas para combater doenças infectocontagiosas, como sarampo, influenza (gripe) e agora a Covid-19.

Desde sua criação, o departamento conta com a presença de um médico infectologista, que tem a função de identificar problemas relacionados a atenção à saúde e alcançar os melhores resultados possíveis.

A equipe multiprofissional também é formada por representantes da área de enfermagem e administrativa.

PREVENÇÃO – Para a qualidade e segurança do atendimento, o NIQ implanta protocolos para a prevenção de infecções, administração segura de medicamentos, cuidados com quedas, gerenciamento de resíduos, além de assegurar as condições sanitárias do ambiente.
Regularmente são realizadas campanhas de higiene de mãos, controle na esterilização e avaliação de produtos.

Ações também são desenvolvidas junto a rede de prestadores credenciados, buscando promover a prevenção e a diminuição do número de eventos adversos.

HOMENAGEM – O Dia do Médico Infectologista foi instituído pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) em 2005, e estabelecida em homenagem ao nascimento de Emílio Ribas, um dos primeiros médicos nesta área no país.
Além da criação de ambientes adequados aos que se encontram na linha de frente dos hospitais e clínicas, o profissional de infectologia também atua no tratamento de doenças causadas por vírus, bactérias, fungos e parasitas, trabalhando de maneira integrada com todas as outras especialidades médicas para cuidar, em especial, de pacientes mais suscetíveis as infecções.

Dia do Médico Infectologista
Compartilhe esta notícia: