Começou a ter sintomas de covid-19? O que fazer em caso de suspeita de coronavírus

Febre, tosse seca, perda de paladar ou olfato, cansaço com pequenos esforços e dor de garganta são alguns sintomas do Covid-19.

Caso apresente qualquer destes sintomas é importante saber qual caminho seguir, pois o diagnóstico precoce ajuda muito para não chegar aos níveis mais graves da doença.

Se você ou algum familiar está com sintomas gripais, o primeiro passo é se manterem em isolamento. É importante que pessoas suspeitas de estarem contaminadas desloquem-se o mínimo possível.

A próxima etapa para os beneficiários do Instituto Curitiba de Saúde (ICS), é pedir orientação na Central de Covid-19, nos telefones 3330-6043 ou 3330-6063, antes de procurar um pronto atendimento.

Durante a consulta, será verificado o estado de saúde do paciente e se é necessário receber atendimento médico ou até mesmo realizar o teste para detectar o vírus.

Caso seja necessário, também receberá as orientações de como proceder para fazer um isolamento adequado em casa para proteger a si e a seus familiares.

Outra atitude importante (mesmo antes do resultado do exame), é avisar todos os familiares e pessoas com quem se teve contato nos últimos dias, para que essas pessoas fiquem atentas, caso apresentem algum sintoma também.

No ICS, a Central Covid-19 funciona de segunda a sexta das 9h às 17h.

A Prefeitura de Curitiba e o Governo do Paraná também disponibilizam, desde o ano passado, canais para que a população tire dúvidas ou seja orientada sobre os próximos passos. Em caso de dúvidas, os curitibanos podem ligar para a central (41) 3350-9000. E na esfera estadual, a Ouvidoria de Saúde tira dúvidas pelos telefones 0800 644 44 14 ou (41) 99117-3500, pelo Whatsapp (41) 3330-4414 ou pelo site www.saude.pr.gov.br, no link da Ouvidoria.

Porém, se os sintomas forem mais graves, como febre alta e/ou falta de ar, busque um pronto atendimento de acordo com a assistência médica que você e seus familiares possuem.

Suspeita de Coronavírus
Compartilhe esta notícia: