Mudança de comportamento e regras de etiqueta em tempos de pandemia precisam continuar

Não podemos afrouxar com os cuidados de higienização. Essa é a regra que permanece para 2021.

No início do ano passado, a pandemia da Covid-19 chegou ao Brasil e nesse pouco mais de um ano mudamos atitudes simples do nosso dia a dia.

Apertos de mão foram trocados por cumprimentos a distância. Compras de mercado tão comuns em outrora, agora precisam passar por higienização quando entram em nossas casas. O uso de álcool gel, antes usado só em limpezas, é utensílio de bolso e acionado a todo momento que a mão toca em algo, como corrimões e maçanetas, por exemplo. As máscaras que eram usadas só por profissionais da saúde, agora fazem parte do nosso vestuário. E as aglomerações de amizade, como comemorações de aniversário, passaram a ser feitas tudo de forma on-line.

Por mais que essas mudanças pareçam chatas, são de extrema necessidade, principalmente nos dias atuais, onde o sistema de saúde do país está em colapso e não há vagas para quem ficar doente.

Seja em casa ou trabalhando, é preciso se conscientizar que o período ainda é crítico e manter os cuidados e regras estabelecidos para a diminuição do contágio pela pandemia, ainda é o único remédio eficaz para evitar males maiores.

Não é fácil alterar hábitos que realizávamos a vida toda. Mas para o bem comum dos familiares, amigos e colegas de trabalho, todo cuidado se faz necessário até a população ser imunizada com vacinação.

Comportamento e Regras na pandemia
Compartilhe esta notícia: