ICS adota medidas preventivas para o coronavírus

Instituto Curitiba de Saúde (ICS) intensifica medidas preventivas para o manejo e contenção do coronavírus. Diante de confirmação dos primeiros cinco casos de Covid-19 na capital, as medidas visam proteger beneficiários e colaboradores da transmissão do novo vírus.

Desde o início do surto mundial, o ICS vem acompanhando junto a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Paraná, Ministério de Saúde e autoridades internacionais da área as atualizações constantes sobre o vírus.

ICS dá orientações de prevenção aos beneficiários

Apesar de nenhuma região do país esteja em quarentena no momento, autoridades recomendam evitar aglomerações e ambientes fechados.

No Centro de Saúde do ICS circulam diariamente um grande número de pessoas. Por isso, o instituto recomenda que os beneficiários avaliem a real necessidade de sua consulta eletiva neste momento, principalmente pacientes mais suscetíveis a contraírem o novo coronavírus, como idosos e bebês.

Se precisar vir até o ICS, é importante que os beneficiários passem pela sala de avaliação da Enfermagem na sala térreo 08 para triagem antes da consulta. A equipe está preparada para orientar os pacientes e identificar casos suspeitos de Covid-19.

Cuidados diários

O ICS recomenda adotar alguns cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus.

– Lavar as mãos com frequência com água e sabonete líquido ou higienizá-las com formulação alcóolica a 70%, principalmente antes de consumir algum alimento.
– Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
– Cobrir nariz e boca (pode ser com o cotovelo ou com lenços descartáveis) quando espirrar ou tossir.
– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, e sempre higienizar as mãos após tossir ou espirrar.
– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos, garrafas, canudos, cigarros ou batons.
– Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.
– Evitar contato próximo com animais silvestres e animais doentes em fazendas ou criações.
– Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis e após higienizar as mãos).

Coronavírus
Compartilhe esta notícia: