ICS reforça a importância do profissional

Nesta segunda-feira (25), é comemorado o Dia do Dentista. Este profissional é essencial para a saúde do cidadão, afinal de contas um belo sorriso no rosto com os dentes bonitos a mostra é um cartão de visitas ao se apresentar no trabalho, em locais de diversão e até mesmo num primeiro encontro.

O Instituto Curitiba de Saúde (ICS) oferece aos mais de 77 mil beneficiários, atendimento odontológico, com isenção de coparticipação, no Centro de Saúde, no Rebouças. O local conta com 15 cirurgiões dentistas, 17 auxiliares e 2 técnicos em radiologia, para tratamentos preventivos e restauradores. Em média, são realizados 1900 atendimentos por mês.

Os procedimentos são organizados por faixa etária:
• Odontologia para bebês, para beneficiários de 0 a 2 anos e 11 meses.
• Odontopediatria, para beneficiários 3 anos a 12 anos e 11meses.
• Clinica Geral, para beneficiários 13 anos a 99 anos.
• Odontogeriatria, para beneficiários 59 anos a 99 anos.

REDE CREDENCIADA
Na rede credenciada são mais de 200 profissionais que atendem em clínicas, hospitais e consultórios particulares.

Para urgência odontológica, o paciente deve buscar atendimento no Centro Odontológico Pio XII (Avenida Silva Jardim, 1347, telefone 3232 6195); Clinicabe (Rua General Carneiro, 990, telefone 3023 9800); e Instituto Madalena Sofia (Rua Fúlvio José Alice, 381, telefone 3525 6191).

AGENDAMENTO
O agendamento pode ser realizado pelo aplicativo, teleatendimento ou pelo Portal do Beneficiário, no site do ICS. Os beneficiários ainda contam com esclarecimentos e informações do Acolhimento da Odontologia, que em algumas situações especificas, orientam e aceleram o processo de marcação e remarcação das consultas.

Caso não seja possível comparecer no horário agendado, o beneficiário deve cancelar a consulta com 24 horas de antecedência. O não comparecimento sem comunicado prévio, resultará em bloqueio para novo agendamento de odontologia, no Centro de Saúde do ICS.

HISTÓRIA
O Dia do Dentista faz menção ao Decreto-Lei N° 9.311, assinado em 1884. A partir disso, a graduação formou os primeiros profissionais dentistas do Brasil, nos estados do Rio de Janeiro e Bahia. Mas a história da odontologia no país começou antes deste decreto, quando os mestres-cirurgiões e os barbeiros eram autorizados a realizar a extração de dentes.

Nos dias de hoje, a profissão é regulamentada e exige-se formação acadêmica para exercer a especialidade. Outros fatos importantes o foram à regulamentação da Odontologia em 1932, a lei que disciplinou o exercício da profissão de 1951 e a criação do Conselho Federal e dos Conselhos Regionais de Odontologia em 1964.

Dia do Dentista
Compartilhe esta notícia: